TRABALHADOR(A), VOCÊ SABIA QUE PODE TER DINHEIRO A RECEBER DO FGTS?

Design sem nome.png

Tramita no Supremo Tribunal Federal - STF uma ação que discute o índice de correção aplicado aos saldos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço - FGTS.

Atualmente, o índice utilizado na correção do FGTS é a chamada Taxa Referencial - TR, porém o Judiciário Brasileiro vem reconhecendo em outras discussões que este índice não corrige os valores no patamar inflacionário, gerando prejuízos para quem o utiliza.

Design sem nome (1).png

Janeiro de 2022

Design sem nome (2).png

Junho de 2020

Estima-se que os valores a receber cheguem perto dos 300 bilhões de reais e atinja em torno de 70 milhões de trabalhadores.

Design sem nome (3).png

Porém, para ter acesso aos valores em caso de julgamento positivo, o trabalhador deve se antecipar, preferencialmente movendo desde já a sua ação questionando a correção do seu saldo. 

Isso porque, dado o volume dos valores e o impacto econômico decorrente de uma decisão favorável, acredita-se que o STF realize o que se chama modulação de efeitos sobre a decisão, de modo a abranger justamente os questionamentos anteriores à decisão.

É IMPORTANTE SE ANTECIPAR!

O julgamento estava previsto para o final de 2021, mas foi adiado pelo STF.

A previsão é que ele se realize ainda em 2022.

QUEM PODE TER DIREITO A ESSES VALORES?

Quem trabalhou com carteira assinada de 1999 para cá, ainda que esteja desempregado e que já tenha realizado saque do saldo do FGTS.

Entenda melhor do que estamos falando:

QUER FAZER A SUA SIMULAÇÃO GRATUITA?

Preencha o formulário e depois verifique sua caixa de e-mail. Enviaremos as instruções por lá.

Em cumprimento à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD (com a redação dada pela Lei nº 13.853/2019), o CONTRATADO se obriga a respeitar a privacidade do CONTRATANTE, comprometendo-se a proteger e manter em sigilo todos os dados pessoais fornecidos pelo mesmo em função deste contrato, salvo os casos em que seja obrigado, por autoridades públicas, a revelar tais informações a terceiros.
O dados poderão ser utilizados pelo CONTRATADO para o oferecimento de comunicação atrelada ao negócio.
Ao enviar seus dados, o CONTRATANTE manifesta ciência e aceite destes termos.
 

ACNLaw
Álvares Carvalho & Noronha Advocacia Especializada

CNPJ 31.392.208/0001-27
Praça Getúlio Vargas, n. 63, Centro Empresarial Rede Mais,
Bairro São José - Aracaju/SE - CEP 49.015-340